Senfa 2022 finaliza com entrega de prêmios para as melhores experiências exitosas

Enfermagem forense, em estética e home care foram temas debatidos durante as palestras



O Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) realizou, nesta sexta-feira (03), o último dia da Semana da Enfermagem Alagoana (Senfa) 2022. O evento contou com palestras sobre áreas da enfermagem em forense, offshore, enfermagem do trabalho, dermatológica, estética e home care, além da entrega de premiação de experiências exitosas.


A primeira palestra foi sobre “Avanços e conquistas na área de Enfermagem em Forense, Offshore, Enfermagem do trabalho” com o especialista em Enfermagem Forense e Enfermagem do Trabalho Wbiratan Souza. “Falamos sobre vertentes e áreas da Enfermagem que não são muito conhecidas, mais remotas. A enfermagem forense é relativamente nova no Brasil e trabalha com perícias criminais e investigação do crime”, ressalta o enfermeiro Wbiratan Souza.


Logo depois, houve uma roda de conversa sobre “Avanços e conquistas na área de Enfermagem em Dermatologia, Estética e Home Care” com os enfermeiros Wbiratan Souza, Marinho Correia e Isabella Santiago. “Eu falei um pouco sobre a minha experiência na área de assistência domiciliar, abordando o início da história do home care e quais os avanços que tivemos na área”, informa a enfermeira Isabella Santiago.


No período da tarde, teve a última palestra da Senfa 2022 sobre a “Intercionalização do trabalho durante e pós-pandemia” com o CEO de Primal Languages no Brasil, Chile, Peru, Colômbia e Equador, Sebastian de la Horra.


O CEO Sebastian de la Horra apresentou dois projetos internacionais relacionados à saúde e aos profissionais de enfermagem. “Com o Primal Languages, nós desenvolvemos uma ferramenta na qual o profissional pode desempenhar um artigo em sua área para a língua inglesa”, afirma o chileno Sebastian de la Horra.


Antes da cerimônia de encerramento, aconteceram as apresentações e as entregas da premiação das melhores experiências exitosas e dos melhores trabalhos acadêmicos. Os vencedores da categoria de instituição de ensino foram:


1º lugar: “Práticas indutoras do riso como intervenção de enfermagem na promoção da saúde do trabalhador: relato de experiência”, com autoria principal de Laís de Miranda Crispim Costa, da Universidade Federal de Alagoas – Campus Maceió, nível superior, tendo participação das enfermeiras Ana Flávia Silva Lima, Heloísa Wanessa Araújo, Ana Valéria Alves de Almeida e Jorgina Sales Jorge.


2º lugar: “A ludicidade como metodologia de ensino e vivência para alunos do curso de técnico de enfermagem de uma escola profissionalizante de Alagoas” autoria principal de Jacyara Silva Oliveira, do Centro de Ensino Profissionalizante em enfermagem, nível médio, tendo participação na autoria os enfermeiro Ademir Ferreira Júnior, Márcia Gleica Santa e Maria Graciene Alves.


3º lugar: “Projeto integrador extensionista: agregando saberes na formação em enfermagem”, autoria principal de Ana Cecília Silvestre da Silva, do Centro Universitário Cesmac – Campus Maceió, nível superior, com participação da autora Jamilly Victória Oliveira Bispo, acadêmica de enfermagem.


Já os ganhadores das melhores experiências exitosas foram:

Atenção primária: “Acesso e garantia de direitos sexuais e reprodutivos às mulheres delmirenses a partir da consulta de enfermagem ginecológica: práticas avançadas”, de autoria da enfermeira Laryssa Silva Oliveira, da prefeitura municipal de Delmiro Gouveia.


Atenção Secundária: “Projeto de empoderamento as gestantes ao parto normal: um relato de experiência no Hospital São Vicente de Paulo, em União dos Palmares/Alagoas” de autoria de Antônio Ricardo Pereira Vital, do hospital são Vicente de Paulo e Maternidade Santa Catarina.


Atenção Terciária: “Gerenciamento em enfermagem na implantação de serviços de referência de um hospital público: uma experiência fundamentada na teoria de Kristen Swanson” de autoria principal de Willienay Tavares Costa, do Hospital Metropolitano de Alagoas, e teve participação na autoria das enfermeiras Raiane Jordan da Silva Araújo e Elisângela de Lima Ferreira.


O presidente em exercício interino do Coren-AL, Paulo Guimarães, enfatizou que a Senfa 2022 foi a quarta edição do evento e terminou de forma satisfatória. “Tivemos várias palestras das áreas de urgência e emergência, saúde da mulher, empreendedorismo, enfermagem forense, entre outros. Hoje, também realizamos a entrega das premiações experiências exitosas tanto para as instituições de ensino quanto às instituições de saúde”, salienta o presidente do Coren-AL, Paulo Guimarães.





25 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo