Presidente do Coren-AL fala sobre violência obstétrica em programa de rádio

Para a Rede Antena 7, Renné Costa explica como o órgão atua nesses casos

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL), Renné Costa, participou do programa “Antenados com a saúde” da rádio Rede Antena 7, nesta segunda-feira (18). O momento foi comandado pela jornalista Elen Cipriano e o enfermeiro pôde falar sobre a atuação da instituição em casos de violência obstétrica no Estado.


Violência Obstétrica é caracterizada por abusos sofridos por mulheres e acompanhantes quando procuram serviços de saúde antes, durante e depois do parto.


Os maus tratos podem ocorrer como violência física ou psicológica, gerando vários traumas, em especial, às mulheres. Através dos números telefônicos Disque Saúde 136 e Violência contra Mulher 180, as pacientes podem denunciar esses casos.


O Coren-AL é responsável por fiscalizar o exercício profissional e verifica se os enfermeiros obstetras possuem condições para fazerem os partos por todo Estado. “Não existe nenhuma parteira inscrita no órgão, ou seja, toda mulher que, hoje, estiver fazendo parto no interior de Alagoas, está no exercício ilegal da profissão”, alerta o presidente, Renné Costa.


Ações como essa são importantes para levar à população mais informações sobre as atuações do conselho e da enfermagem no Estado. “Agradeço a oportunidade de falar um pouco sobre como o Coren Alagoas atua para melhorar as condições de trabalho dos profissionais de Enfermagem, fazendo com o que os serviços prestados pelos enfermeiros, técnicos e auxiliares sejam os melhores possíveis para a sociedade”, ressalta o presidente, Renné Costa.


Acompanhe a entrevista na íntegra por meio do seguinte link: https://www.youtube.com/watch?v=_9h5cOErERk.

1 visualização0 comentário