Coren-AL realiza curso de capacitação para profissionais da Enfermagem no tratamento da Hanseníase

Evento aconteceu na sede do órgão com apoio do Morhan Alagoas

O Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) realizou, nesta terça-feira (03), o curso de capacitação para profissionais da área no tratamento da Hanseníase, na sede do órgão. A ação faz parte da parceria com o Morhan-AL para a campanha “Não esqueça da Hanseníase”.


O conselheiro Esvaldo Silva abriu o evento que reuniu enfermeiros, técnicos, auxiliares e estudantes de Enfermagem. A responsável pela capacitação foi a coordenadora do Movimento de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase no Estado (Morhan-AL), Clodis Tavares.


“Eu expliquei para os profissionais da Enfermagem e estudantes todos os aspectos epidemiológicos e clínicos dessa patologia. O Brasil é o segundo país do mundo com mais casos da Hanseníase, com mais de 28 mil casos, em uma pesquisa realizada em 2018. Precisamos de iniciativas como essas para alertar os profissionais sobre essa situação preocupante”, explica a enfermeira Clodis Tavares.


A Hanseníase é uma doença infecciosa causada por uma bactéria que afeta a pele e os nervos e com o tratamento adequado pode ter cura. A transmissão acontece via respiração a partir do contato próximo e prolongado com pessoas sem tratamento afetadas pela enfermidade na sua forma chamada de multibacilar. A partir do início do tratamento, a doença deixa de ser transmissível.


O presidente do Coren-AL, Renné Costa, salienta que é fundamental o apoio do órgão nessa campanha. "A enfermagem é essencial na busca de um melhor tratamento para os pacientes que enfrentam a Hanseníase. A gente precisa comprar essa briga e capacitar os profissionais”, reforça o presidente da instituição, Renné Costa.

0 visualização0 comentário