Coren-AL participa de ato a favor do Piso Salarial da Enfermagem em Maceió

Manifestação contou com a participação de dezenas de profissionais e entidades da área


O Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren-AL) participou do ato em prol da votação do Projeto de Lei 2564/2020, que estabelece o piso salarial dos enfermeiros, técnicos e auxiliares de Enfermagem e parteiras. A manifestação contou com dezenas de profissionais e entidades da área e aconteceu no último domingo (20) na rua fechada, no bairro Ponta Verde, em Maceió.


Estiveram presentes no evento representantes do Coren-CE, da Associação Brasileira de Enfermagem Seção Alagoas (ABEn), da Associação Brasileira de Obstetrizes, Enfermeiros Obstetras e Neonatologistas do Estado de Alagoas (Abenfo-AL), do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem de Alagoas (Sateal) e do Sindicato dos Enfermeiros de Alagoas (Sineal).


Segundo o membro da Comissão de Valorização da Enfermagem e um dos participantes do ato, Rildo Bezerra, compareceram profissionais de várias partes do Estado.


O movimento teve uma adesão boa por parte dos profissionais de Enfermagem. Tivemos gente de todo o Estado. O que me chamou atenção foram as pessoas de Santana do Ipanema, Delmiro Gouveia, Palmeira dos Índios, municípios pequenos próximos à Maceió como Murici, Novo Lino, Campestre, Jacuípe, Jundiá, entre outros, que vieram em carreata”, informa Rildo Bezerra.


Também participaram do ato os deputados federais Paulão (PT-AL) e Marx Beltrão (PSD-AL), além do deputado estadual Davi Maia (DEM-AL). O deputado Davi Maia afirmou que o Estado conseguiu duas proezas para a enfermagem.


“A primeira foi o descanso digno, o qual assegura os profissionais o mesmo tratamento dado aos médicos e aos outros profissionais da saúde. Já temos no nosso estado o piso salarial da enfermagem e temos que cobrar as prefeituras, hospitais e instituições filantrópicas que paguem o piso”, ressaltou o deputado.


Para o presidente do Coren Alagoas, Renné Costa, é importante que o ato tenha acontecido em Alagoas. “Maceió é a terra do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PROGRESSISTAS-AL), e de lideranças partidárias, como Isnaldo Bulhões (MDB-AL). Então, estamos aqui para que o presidente Arthur Lira paute o projeto 2564 e deixe que os outros deputados digam sim ou não ao nosso PL”, enfatizou Renné Costa.


Vale lembrar que outros deputados federais alagoanos apoiam o projeto, são eles: Nivaldo Albuquerque (PTB-AL), Pedro Vilela (PSDB-AL), Sérgio Toledo (PL-AL), Severino Pessoa (REPUBLICANOS-AL) e Tereza Nelma (PSDB-AL).


Tramitação do PL 2564/2020

Após a manifestação, Arthur Lira recebeu na sua própria casa, em Maceió, representantes do Coren Alagoas e do Sineal, além dos deputados Jorge Vianna (Podemos-DF) e Davi Maia. O presidente da Câmara dos Deputados garantiu que nesta terça-feira (22) será votada a urgência do PL do Piso Salarial da Enfermagem.


Isso evitará que o projeto volte para as comissões. Também foi apresentado um cronograma que em até cinco semanas o PL 2564/2020 seja colocado para votação no plenário.


1 visualização0 comentário