Cofen aprova atualização do Código Eleitoral dos Conselhos de Enfermagem

Modificações reduzem burocratização e contribuem para a democratização do processo eleitoral dentro do sistema

O plenário do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) aprovou, nesta segunda-feira (25/4), resolução que atualiza o Código Eleitoral do Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem. Na prática, as alterações reduzem a burocratização durante o processo de inscrição das chapas e garantem maior transparência para os profissionais que possuem interesse em participar das eleições, contribuindo para a democratização do processo eleitoral. A resolução ainda será publicada no Diário Oficial da União (DOU).


“A atualização é fruto de um processo de construção que vem sendo aprimorado nas últimas eleições. Nosso propósito foi conferir maior objetividade e fluidez para todas as etapas da eleição dos nossos conselhos”, afirmou o conselheiro federal Daniel Menezes, coordenador do Grupo Técnico de Acompanhamento Eleitoral (GTAE), responsável pela alteração do código.


O novo código buscou contemplar as maiores dificuldades enfrentadas nas últimas eleições. Representantes dos Conselhos Regionais auxiliaram na construção do documento, modificado anteriormente em 2019. Entre as principais mudanças, está a redução considerável da documentação exigida para inscrição das chapas e um maior detalhamento das informações, esclarecendo dúvidas comuns dos profissionais.


“Estas alterações representam um importante avanço e se tornam ainda mais relevantes, porque também são fruto das contribuições dos regionais”, destacou a presidente do Cofen, Betânia Santos.


GTAE — Além do coordenador Daniel Menezes, o grupo é atualmente composto pelos conselheiros federais Josias Neves e Tatiana Melo, pelo assessor jurídico do Cofen, Alberto Cabral, e pelo presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia (Coren-RO), Manoel Neri.


Fonte: Ascom - Cofen

0 visualização0 comentário